quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Será que eu to virando emo?

Minha tristeza é rock’n roll
Nada me abala, nada me derruba
Fuck it all, I me mine
If you can’t rock me, somebody will

Minha tristeza é clube da esquina
Ainda moro nessa mesma rua
Ainda gosto de dançar
Bom dia, como vai você?

Minha tristeza é Roberto
Pois sem você, meu mundo é diferente
Minha alegria é triste...

Minha tristeza é sertaneja
Morro de amor por ela e ela nem aí

Minha tristeza é bossa nova
Vai, diz a ela que sem ela não pode ser
O meu amor sozinho é assim como um jardim sem flor
Eu queria, ah eu poderia dizer a ela...
Como é triste se sentir saudade

Minha tristeza é normal
É pra sentir mesmo, deixar bater
Só assim ela passa
Tristeza pode ser
O prenúncio de uma nova alegria

Minha tristeza não me impede de viver
Nem de criar
Nem me faz deixar de gostar de quem gosto
Nem de amar

Não se assuste com minha tristeza
Não fuja de mim porque estou triste
Eu não sou, estou
Mas hoje à noite tem The Doors no Jack
E quem sabe minha tristeza
break on through to the other side...

2 comentários:

Anônimo disse...

Que poema mais EMOcionante!
(Essa bem que podia concorrer ao concurso de piada ruim. pena que cheguei atrasada. rs)
Bjo.

camilo disse...

chegou foi adiantada... o concurso ainda não começou... tá inscrita!